Cabeçalho

Fundado, em 22 de janeiro de 2012, o Núcleo de Correspondência Constitucionalistas de São Vicente, que tem como intuito: Promover, pesquisar e divulgar as conquistas, as consequências e os feitos inerentes à gloriosa revolução de 1932.

quarta-feira, 27 de junho de 2012

CEL. JOSÉ LOPES DA SILVA




Filho de Juvenal Lopes da Silva e Virgínia Eufrasia Pereira Lopes, José Lopes da Silva nasceu em 19.04.1904 na cidade de Areias.
Alistou-se na Força Pública em 17.07.1922, cursou a escola de Oficiais, fez curso de Aperfeiçoamento e todas as suas promoções foram todas por merecimento. Na academia de oficiais da Polícia Militar, foi professor de Tática de Cavalaria, de Administração, Legislação, Geografia e História Militar. A serviço do governo do Estado esteve na República Argentina e nos Estados Unidos da América do Norte. Recebeu vinte medalhas e três condecorações, a saber: Peru, Venezuela e da ordem soberana e Militar de Malta, as três no grau de comendador.
Tendo se alistado em Guaratinguetá, no início das batalhas era 1º tenente. Em 1932 operou no setor Vale do Paraíba sob o comando do Cel. Euclydes de Figueiredo, e mais tarde como subcomandante do batalhão Saldanha da Gama, sob as ordens de Reinaldo Ramos. Permaneceu nesse batalhão até o fim do conflito, encerrando sua vida pública como Ministro do Tribunal de Justiça Militar.

Dá nome a uma importante praça localizada no centro da cidade de São Vicente.

Casou-se com a Sra. Angelina e teve dois filhos.

Fonte da imagem : http://www.tjmsp.jus.br/i_presidente.htm

sexta-feira, 22 de junho de 2012

Recebimento da Medalha MMDC pelo SR. Sergio Torres, em representação à veterana MARIINHA

Sr. Pedro Paulo Penna Trindade condecora Sergio Torres.
Sergio Torres e Cel. Mario Ventura.

Cel. Ventura recebe de Sergio um agradecimento pelo reconhecimento da contribuição de MARIINHA.

Sergio Torres e a veterana MARIINHA, um dia após a condecoração, aos 101 anos.

No último dia 23 de maio, por ocasião do dia da Juventude Constitucionalista, realizou-se em São Paulo, no Monumento Mausoléu do Soldado Constitucionalista, uma cerimônia de condecoração que visava homenagear aqueles que contribuiram na preservação da memória da epopeia paulista de 1932. O SR. SERGIO TORRES, recebeu a condecoração em representação à nossa veterana MARIINHA. Esse merecido reconhecimento só foi possível graças ao trabalho dos irmãos EGYDIO TISIANI, JEFFERSON BIAJONE e CEL. MARIO VENTURA. Registro aqui meus sinceros agradecimentos.